Livros e um pouco mais

Livros e um pouco mais

terça-feira, 7 de maio de 2013

Resenha de " A Estrada da Noite "


                                     Resenha de " A Estrada da Noite "


A Estrada da Noite

Sinopse - A Estrada da Noite - Joe Hill

Uma lenda do rock pesado, o cinqüentão Judas Coyne coleciona objetos macabros: um livro de receitas para canibais, uma confissão de uma bruxa de 300 anos atrás, um laço usado num enforcamento, uma fita com cenas reais de assassinato. Por isso, quando fica sabendo de um estranho leilão na internet, ele não pensa duas vezes antes de fazer uma oferta.
"Vou ´vender´ o fantasma do meu padrasto pelo lance mais alto..."
Por 1.000 dólares, o roqueiro se torna o feliz proprietário do paletó de um morto, supostamente assombrado pelo espírito do antigo dono. Sempre às voltas com seus próprios fantasmas - o pai violento, as mulheres que usou e descartou, os colegas de banda que traiu -, Jude não tem medo de encarar mais um.
Mas tudo muda quando o paletó finalmente é entregue na sua casa, numa caixa preta em forma de coração. Desta vez, não se trata de uma curiosidade inofensiva nem de um fantasma imaginário. Sua presença é real e ameaçadora.
O espírito parece estar em todos os lugares, à espreita, balançando na mão cadavérica uma lâmina reluzente - verdadeira sentença de morte. O roqueiro logo descobre que o fantasma não entrou na sua vida por acaso e só sairá dela depois de se vingar. O morto é Craddock McDermott, o padrasto de uma fã que cometeu suicídio depois de ser abandonada por Jude.
Numa corrida desesperada para salvar sua vida, Jude faz as malas e cai na estrada com sua jovem namorada gótica. Durante a perseguição implacável do fantasma, o astro do rock é obrigado a enfrentar seu passado em busca de uma saída para o futuro. As verdadeiras motivações de vivos e mortos vão se revelando pouco a pouco em A estrada da noite - e nada é exatamente o que parece.
Ancorando o sobrenatural na realidade psicológica de personagens complexos e verossímeis, Joe Hill consegue um feito raro: em seu romance de estréia, já é considerado um novo mestre do suspense e do terror.




Foi uma grande surpresa ler "A ESTRADA DA NOITE ",comprei super barato pela internet, e me arrisquei a ler este misterioso livro.
Para começar, é uma honra conhecer o filho do grande rei do terror Stephen King, SIM, se você não sabe, Joe Hill é filho de Stephen King, daí já sabemos de onde vem este talento.
O livro é de terror, isso me deixou com um pequeno frio na barriga, confesso que não sou muito fã do tema, mas decidi me arriscar, e entrei fundo na estória.
O livro conta a história de Jude, um roqueiro bem macabro, que adora colecionar coisas bizarras, e em um belo dia ele decide comprar um paletó assombrado.
Quando o paletó cai em suas mãos numa misteriosa caixa preta em formato de coração, Jude não imagina que sua vida vai se transformar  em um terrível pesadelo, ele descobre que o morto que esta  assombrando-o é nada menos que o padrasto de sua ex namorada, que morreu de suicídio após Jude "meter o pé na sua bunda" .
Quando comecei a ler o livro, eu fiquei com um pouquinho de medo, kkkkkkkkk, sim confesso, eu tive pesadelos a noite, e me recusava a ler o livro quando estava sozinho, os capítulos iniciais trazem o ocultismo muito misterioso e macabro, mas depois que a estória se desenrola acabei me acostumando com a escrita.
O livro é narrado em terceira pessoa, temos uma visão legal dos personagens.

PONTO NEGATIVO:
 Tá certo que o livro é de terror e vale tudo, mas não achei legal a fantasia do autor, acho que ele se fantasiou demais em seus pensamentos e abusou um pouco, tirando o livro da nossa realidade.
OBS: Tipo, o morto dirige um carro!!!!! COMO ASSIM.
Mas tirando isso, ficou super legal.

A estória tem um ritmo legal, tudo se encaixa no seu tempo, o livro não é aquela narrativa que a cada pagina o personagem está em um país, ao contrario, o livro é narrado num tempo real, e gostei bastante da escrita do autor.
A capa esta maravilhosa, acho que tem tudo a ver com o tema do livro, parabéns pela editora ARQUEIRO, é uma pena que o livro não vem com orelha.
#CHATIADO

Acho que são merecidas 4 estrelas, só não vou dar cinco por causa da fantasia do autor, como eu disse no ponto negativo.
Para quem não leu o livro, se você gosta de suspense e terror te aconselho o livro, uma ótima narrativa, mas se você não curte o tema, desista, pois é muito terror.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário